Lançamento da pesquisa Cultura em Evidência no Itaú Cultural (SP)

Embora a cultura brasileira seja uma das mais expressivas do mundo, nos últimos anos o país viveu o desmantelamento generalizado das políticas e programas de incentivo na área. A vitalidade cultural do Brasil persistiu graças à determinação de quem produz cultura, mas sem apoio para crescer. Agora, com a chegada do novo governo, há uma mudança positiva à vista. Foi essa retomada que inspirou a realização da pesquisa Cultura em Evidência, que tem como objetivo ser uma ferramenta capaz de abrir caminhos para fortalecer a cultura brasileira.

Produzido pela organização C de Cultura em parceria com o Instituto Veredas, Cultura em Evidência reúne e analisa informações e experiências relacionadas à cultura no Brasil, observando suas transformações e pensando maneiras de potencializá-la no que se refere ao apoio à construção de estratégias para o seu desenvolvimento. Mais do que se debruçar sobre os principais bancos de dados disponíveis, o documento amplia a compreensão sobre o tema ao realizar sessões de escuta com a sociedade civil, gestores e secretários de cultura, além de incorporar artigos assinados por participantes da cena, garantindo uma visão aprofundada da produção, da distribuição e do consumo de cultura no país. 

O evento contou com apresentação da pesquisa por Mariana Resegue, diretora executiva do C de Cultura, e Laura Boeira, diretora executiva do Instituto Veredas, além de mesa de discussão com articulistas que fizeram parte da pesquisa: Evelyn Gomes, do LabHacker, Guilherme Varella, ex-secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura; Moara Tupinambá, artista visual e ativista das causas indígenas; Renata Amaral, mestre e doutoranda em performance Musical pela UNESP; e Ana Carolina Martins, pesquisadora da história e cultura afro-brasileira. Houve também a apresentação de dança do Grupo Cupuaçu e pocket show do Duo Àvuá. A condução do evento ficou nas mãos da talentosa Mel Duarte.

Foi uma noite festiva, cheia de cores e encantos da nossa cultura popular brasileira, com a participação de parceiros estratégicos do campo da Cultura para celebrar e reconhecer a importância da colaboração das organizações da sociedade civil no fortalecimento das políticas públicas de cultura.

Veja a cobertura especial que fizemos aqui (créditos para Karol Maia e Naetê Andrelo). E nosso muito obrigada à todas, todos e todes que participaram deste momento com a gente!

Sobre o C de Cultura

C de Cultura é uma organização da sociedade civil que tem como missão valorizar a diversidade cultural dos biomas brasileiros, atuando em rede, promovendo encontros e fomentando a colaboração, para melhorar a vida das pessoas. A partir das diferentes expressões da cultura, provocar encontros que ampliem a consciência sobre as conexões entre o mundo rural e o urbano, entre culturas tradicionais e contemporâneas, fortalecendo identidades e valorizando modos de vida que favoreçam o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e sustentável.

Sobre o Instituto Veredas

O Instituto Veredas é uma organização sem fins lucrativos que tem por missão construir pontes entre gestão pública, academia e sociedade civil, de forma que o conhecimento técnico e científico possa ser utilizado no desenho e aperfeiçoamento de políticas públicas e intervenções sociais. O Veredas está alinhado com o debate internacional de Políticas Informadas por Evidências e tem utilizado o seu ferramental de tradução de conhecimento para abordar uma diversidade de temas relevantes para a vida da sociedade brasileira.