Explorando as formas como as artes e a cultura se cruzam com a segurança pública Identificando a prática atual e as oportunidades para mais investigações

Autoria: Caroline Ross
Ano: 2016

ArtPlace America é uma colaboração de dez anos de 16 fundações, 8 agências federais e 6 bancos que está trabalhando para reposicionar artes e cultura como um setor central de planejamento e desenvolvimento comunitário para ajudar a fortalecer os tecidos sociais, físicos e econômicos de comunidades. A ArtPlace concentra seu trabalho em “placemaking criativo”, que descreve projetos nos quais a arte desempenha um papel intencional e integrado no planejamento e desenvolvimento comunitário baseado no local. O “criativo” simplesmente convida artistas e organizações artísticas a se juntarem a seus vizinhos como colaboradores no conjunto de estratégias de placemaking pioneiras de Jane Jacobs e seus colegas, que acreditavam que o desenvolvimento da comunidade deve ser informado localmente, centrado no ser humano e holístico. Ao olhar para quem faz planejamento e desenvolvimento comunitário nas comunidades americanas, descobrimos que nossos colegas geralmente podem ser organizados em dez setores: Agricultura e Alimentos, Desenvolvimento Econômico, Educação e Juventude, Meio Ambiente e Energia, Saúde, Habitação, Imigração, Segurança Pública , Transporte e Desenvolvimento da Força de Trabalho. Como parte central de nossa agenda de pesquisa, estamos analisando cada um desses setores, um de cada vez, e explorando como as artes e os praticantes culturais têm e podem ser parceiros para ajudar a alcançar seus objetivos. O documento a seguir é uma das duas primeiras “varreduras de campo” que a ArtPlace America encomendou para iniciar este trabalho. É um primeiro passo exploratório que visa examinar  os principais objetivos ou necessidades em cada setor de desenvolvimento comunitário que as artes e a cultura podem abordar,  uma tipologia ou estrutura para entender as maneiras pelas quais as artes e a cultura têm e podem fazer parceria com esse setor de desenvolvimento comunitário,  barreiras para integrar artes e cultura dentro desse setor de desenvolvimento comunitário, e  estratégias ou táticas para promover colaborações com artes e cultura nesse setor