Cultura nas capitais: como 33 milhões de brasileiros consomem diversão e arte.

Autoria: LEIVA, João.
Ano: 2018

Quais as manifestações culturais mais acessadas? Há diferença entre a vida cultural de homens e mulheres? E de homossexuais e heterossexuais? Os jovens vão a um número maior de atividades culturais do que o restante da sociedade? Quais são os estilos musicais mais ouvidos? Em que plataformas as pessoas preferem escutar música? O que aproxima e o que afasta a população dos museus? E dos teatros? Qual o percentual de pessoas que dependem da programação gratuita para ver produções culturais?
O livro “Cultura nas Capitais” busca responder a essas e outras tantas perguntas a partir de 10.630 entrevistas, realizadas em doze capitais brasileiras, com um questionário de 55 perguntas, que exploram sob diferentes ângulos os modos como os moradores dessas cidades se relacionam (ou não) com as catorze atividades culturais e de lazer selecionadas. Uma vez que não há grande volume de pesquisas sobre hábitos culturais, privilegiou-se uma abordagem panorâmica, ainda que isso limitasse o aprofundamento em um ou outro assunto.