Conjuntura do Setor de Economia Criativa: Efeitos da Crise da Covid-19

Autoria: FGV
Ano: 2020

Entender o impacto da crise econômica e social gerada pela pandemia do coronavírus sobre o setor
cultural e criativo do Brasil, para embasar a elaboração de políticas públicas com foco em mitigar os efeitos
negativos e estimular a retomada das atividades. 546 empresas de economia criativa de todas as regiões do Brasil,
pesquisadas nos meses de maio e junho de 2020 por meio de um questionário online. Economia criativa é o conjunto de atividades nas quais a criatividade e o capital intelectual são as matérias-primas para a criação, produção e
distribuição de bens e serviços (John Howkins / “The creative economy and how people make money from ideas”)
Foi utilizada a classificação de atividades adotada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro no “Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil”.