Challenges and Opportunities Post Pandemic of Organizational Ergonomics to Promote the Social Sustainability in Cultural and Creative Industries: A Critical Review and Future Research Agenda

Autoria: Gloria Janeth Murillo-Aviña; Sialia Karina Mellink-Méndez; Josué Aarón López-Leyva; Víctor Manuel Ramos-García
Ano: 2022

Como antecedente, a pandemia da COVID afetou a competitividade e sustentabilidade das indústrias culturais e criativas em todo o mundo. Em particular, a sustentabilidade social deve ser promovida em um quadro formal, ou seja, em um quadro de ergonomia organizacional. No entanto, não há resultados e descobertas suficientes na literatura a esse respeito. Este artigo apresenta uma revisão crítica da literatura relacionada ao problema mencionado, com o objetivo de determinar as oportunidades, desafios e aspectos controversos que podem apoiar o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas. Como resultado, os principais desafios são (1) a falta de referenciais e informalidade, (2) subdimensionamento comparativo e (3) o fortalecimento das cadeias de valor e fornecimento. As oportunidades são (1) as indústrias culturais e criativas como um novo elemento-chave do desenvolvimento estratégico para a competitividade regional, (2) coesão e pertencimento social e (3) a diversidade de expressões culturais e criativas. Por fim, em relação à aplicação da ergonomia organizacional nas indústrias culturais e criativas para promover a sustentabilidade social, são discutidas as implicações teóricas e práticas, as implicações gerenciais e as linhas futuras de pesquisa. Além disso, as limitações da pesquisa são explicadas, esclarecendo que os resultados gerados não são conclusivos, mas estabelecem um ponto de partida para pesquisa, desenvolvimento e inovação (P&D&I) em apoio à economia criativa.